2 de julho de 2009

Uma história para descontrair

A CERVA E AS UVAS
- de Esopo

"Um cervo era perseguido por uns caçadores e se refugiu embaixo de uma videira. Passaram os caçadores e a cerva, achando-se muito bem escondida, começou a saborear as uvas da vinha que a cobria. Vendo os caçadores que os ramos se moviam, pensaram muito acertadamente, que ali dentro havia um animal oculto e, disparando suas flechas, feriram a cerva mortalmente. Esta, vendo-se morrer, pronunciou estas palavras:
- Bem que mereci, pois não devia ter maltratado quem me estava salvando!
Sê sempre agradecido com quem generosamente te dá ajuda para ir adiante."

3 comentários:

Danielle disse...

O visual novo do blog está lindo! Ainda não tinha visto!
Apesar de não ter filhos, quem sabe um dia, me encanto com a maneira que voces falam sobre como cria-los na nossa crença sem que haja tantos conflitos com as crenças dominantes! :)

beijos e muitas bençãos!

Shin Tau disse...

Que história bonita, bem servirá para contar aos pequenos e aos graúdos também!

Hoje vim passar aqui para vos dizer que há um selo no Grimoire para vós! Retribuindo a magia que se gera!

Uma beijcoa Shin Tau

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Tão simples, tão belo...